domingo, 14 de março de 2010

VIDA - Augusto Branco

Alguns trecho de Augusto Branco.


Já perdoei erros quase imperdoáveis,


Já fiz coisas por impulso,
já me decepcionei com pessoas... mas também decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger,
já dei risada quando não podia,
amei e fui amado,

fui amado e não amei.

Já gritei e pulei de tanta felicidade,

"quebrei a cara muitas vezes"!


me apaixonei por um sorriso,

e tive medo de perder... (e acabei perdendo).

Mas vivi, e ainda vivo!
Não passo pela vida…
E você também não deveria passar!

Viva!
Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é "muito" pra ser insignificante.

Já perdoei erros quase imperdoáveis,
tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis
(...)

3 comentários:

  1. Oie!!
    Lindo, lindo, lindo!
    Mas tem uma coisa,anjo: o texto naum eh do Chaplin, e sim de um poeta brasileiro chamado Augusto Branco - Só pesquisar no google pra confirma - passou até na Globo! ;D
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  2. Nossa, eu acabei de postar e logo la tive comentários, hehehe.. mas valew Sofia, vi em um blog de uma amiga isso. vou arrumar... valews.
    Muito obrigado pela atenção!

    Vou deicar esse post em sua homenagem, ok!
    Bjo

    ResponderExcluir
  3. Como faço para ver o seu blog Sofia?

    ResponderExcluir